Ásia

PPI da China tem alta anual de 10,3% em dezembro e avança 8,1% em 2021

O índice de preços ao consumidor (CPI), por sua vez, avançou 1,5% na comparação anual de dezembro

Por  Estadão Conteúdo -

O índice de preços ao produtor (PPI) da China subiu 10,3% em dezembro, ante igual mês do ano passado, e desacelerou em relação aos 12,9% registrados em novembro, informou o Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, pela sigla em inglês).

O resultado ficou abaixo da previsão de 11,2% dos economistas consultados pelo The Wall Street Journal. Já na comparação mensal, houve deflação (-1,2%) na passagem de novembro para dezembro.

Com isso, o PPI do gigante asiático encerrou 2021 com alta acumulada de 8,1%.

O índice de preços ao consumidor (CPI), por sua vez, avançou 1,5% na comparação anual de dezembro, quase em linha com a previsão de 1,6% do mercado, e abaixo dos 2,3% observados em novembro.

Na comparação mensal, o CPI teve deflação de 0,3%, após alta de 0,4% em novembro. Com o resultado, a inflação ao consumidor da China totalizou alta de 0,9% em 2021. Com informações da Dow Jones Newswires.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui!

Compartilhe