PMI industrial no Japão cai para 47,9 em dezembro, o mais fraco desde fevereiro

Gerentes de compras veem continuidade da incerteza no mercado, tanto no setor doméstico como no externo; demanda diminuiu nos principais mercados de exportação, como China, Europa e América do Norte

Roberto de Lira

Publicidade

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) industrial do Japão recuou de 48,3 em novembro para 47,9 em dezembro, ficando assim pelo sétimo mês consecutivo abaixo da linha média de 50,0, que separa a contração da atividade da expansão, divulgou nesta quinta-feira (4) a S&P Global, em parceria com o Jibun Bank.

Embora a taxa tenha vindo acima do consenso Refinitiv de analistas, que projetava um PMI de 47,7, foi o patamar mais baixo registrado desde fevereiro de 2023.

As empresas reportaram na pesquisa quedas simultâneas na produção e nas novas encomendas, com os gerentes de compras observando a continuidade da incerteza no mercado, tanto no setor doméstico como no externo. A demanda diminuiu nos principais mercados de exportação, como a China, a Europa e a América do Norte.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Nesse contexto de queda nas vendas e na demanda, os fabricantes reduziram sua atividade de compras pelo 17º mês consecutivo e no maior grau em pouco menos de três anos e meio. As empresas sinalizaram que a falta de novas encomendas desencorajaram a compra de novos insumos. Algumas empresas também relataram um enfoque na utilização de estoques.