Recessão global

PIB global deve cair 3,9% em recessão ‘sem precedentes’ no pós-guerra, diz Fitch

A Fitch projeta que a zona do euro sofra contração de 7% em sua economia e os Estados Unidos, de 5,6%

Aprenda a investir na bolsa

O Produto Interno Bruto (PIB) global sofrerá contração de 3,9% em 2020, com uma recessão “de profundidade sem precedentes no período pós-guerra”, afirma a Fitch Ratings em relatório. “Isso é duas vezes maior do que o declínio antecipado em nossa atualização do início de abril e seria duas vezes mais severo do que a recessão de 2009”, compara Brian Coulton, economista-chefe da agência.

A Fitch projeta que a zona do euro sofra contração de 7% em sua economia e os Estados Unidos, de 5,6%.

Para o Reino Unido, espera recuo de 6,3% no PIB em 2020. Ainda na Europa, espera que a economia italiana contraia 8%, enquanto na França e na Espanha há recuos de quase 5% no PIB no primeiros trimestre, aponta a Fitch.

Aprenda a investir na bolsa

A agência nota ainda que revisou mais para baixo suas projeções para os mercados emergentes. A queda nos preços das commodities, saída de capital e flexibilidade política mais limitada exacerbam o impacto das medidas para conter o vírus nesses países, afirma a Fitch, que diz ter feito “grandes ajustes nas previsões de PIB” para México, Brasil, Rússia, África do Sul e Turquia, sem citar esses números em seu comunicado.

Já China e Índia devem ambas ter crescimento inferior a 1%, o que faz a agência esperar contração no PIB dos emergentes como um todo em 2020, algo “sem precedentes desde pelo menos o início dos anos 1980”.

Tudo o que você precisa saber para lucrar na Bolsa de Valores operando da sua casa em um curso gratuito: clique aqui e participe!