Desemprego

Pedidos de seguro-desemprego nos EUA somam 4,427 milhões, praticamente em linha com o esperado

Na semana anterior o resultado tinha sido de 5,245 milhões de pedidos

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O número de pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos na semana passada foi de 4,427 milhões, levemente abaixo da expectativa mediana dos economistas do mercado financeiro compilada no consenso Bloomberg, que apontava para 4,5 milhões de pedidos.

Na semana anterior, o resultado foi revisado levemente para baixo, passando de 5,245 milhões de pedidos para 5,24 milhões. Em cinco semanas, o total de pedidos de auxílio-desemprego foi de 26,4 milhões.

Assim, apesar da queda de mais de 800 mil pedidos em relação a semanas anteriores, as perdas de empregos nas últimas semanas já superaram todos os ganhos de emprego desde a crise financeira de 2008.

Aprenda a investir na bolsa

O dado era o mais esperado desta quinta-feira (23), porque o aumento nos pedidos por auxílio-desemprego dá uma dimensão palpável do impacto econômico da pandemia de coronavírus no país mais rico do mundo.

Tudo o que você precisa saber para lucrar na Bolsa de Valores operando da sua casa em um curso gratuito: clique aqui e participe!