Mercado de trabalho

Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA ficam abaixo de 400 mil na semana

Essa foi a primeira vez que o indicador ficou abaixo de 400 mil desde a semana de 14 de março de 2020

O número de pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos caiu 20 mil na semana encerrada em 29 de maio, a 385 mil, segundo dados com ajustes sazonais publicados nesta quinta-feira, 3, pelo Departamento do Trabalho americano. A redução foi maior que a esperada por analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam 393 mil solicitações.

Essa foi a primeira vez que o indicador ficou abaixo de 400 mil desde a semana de 14 de março de 2020, quando os primeiros efeitos econômicos da pandemia começavam a se espalhar.

O total de pedidos da semana anterior foi revisado em mil para baixo, a 405 mil.

Já o número de pedidos continuados teve alta de 169 mil na semana encerrada em 22 de maio, a 3,771 milhões. Esse indicador é divulgado com uma semana de atraso.

Em curso gratuito de Opções, professor Su Chong Wei ensina método para ter ganhos recorrentes na bolsa. Inscreva-se já.