Otimismo

Para Guedes, exterior terá aterrissagem turbulenta e Brasil está em “decolagem”

Para o ministro, não há a “menor dúvida” de que haverá recessão na Europa e nos Estados Unidos

Por  Estadão Conteúdo -

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou, nesta terça-feira (14), que, enquanto os sinais da economia do mundo são extremamente negativos, o Brasil é um destaque positivo da crise.

“Haverá aterrissagem turbulenta no exterior, mas o Brasil está em decolagem”, afirmou durante a abertura do Fórum de Investimentos Brasil 2022, promovido pela Apex Brasil.

Para Guedes, não há a “menor dúvida” de que haverá recessão na Europa e nos Estados Unidos. “Estamos sob ventos turbulentos; lá fora, o mar é turbulento e vai piorar”, previu, salientando que, quando participou do Fórum Econômico Mundial de Davos, em 2019, as conversas no evento já eram em torno de um “pouso suave” das principais economias do mundo.

De acordo com Guedes, no entanto, por causa da pandemia de coronavírus e da invasão da Urânia pela Rússia, houve uma desorganização das cadeiras produtivas e o voo dessas grandes economias terá uma aterrissagem mais dura, e não mais um pouso suave. “O lado bom (da crise) é o Brasil”, garantiu.

‘Mar turbulento’

O ministro da Economia afirmou que a situação da economia global hoje é “um mar turbulento” e que deve “se agravar bastante”.

Guedes citou como um dos motivos a equalização dos preços de fatores, depois da saída da miséria de 3,7 bilhões de pessoas no Leste da Europa e no Sudeste Asiático pela globalização, segundo ele.

“Há 30 anos que a pressão competitiva da Ásia impede os ganhos de salário no Ocidente. Ocidente esqueceu as fontes de sua própria riqueza. Antigamente não tinha inflação porque tinha arbitragem (do mercado oriental). Arbitragem (do oriente) acabou e os salários estão subindo no mundo todo”, disse.

“Há 3 choques colossais que estão mudando a configuração do mundo. A inflação vai subir muito, vai ter recessão e o sistema político vai passar por pressão. Veremos muita crise, muita dificuldade lá fora”, avaliou Guedes.

Cenários sobre o Brasil

Ele mencionou projeções para o Produto Interno Bruto (PIB) doméstico tanto de agentes internos quanto de internacionais, que eram baixas ou negativas, mas que foram todas superadas, de acordo com o ministro. Guedes citou também um artigo de uma agência internacional que avaliou que o Brasil está no caminho certo de combater a inflação porque o País está abrindo sua economia, enquanto muitas ações têm adotado práticas protecionistas. “Estamos abrindo a economia moderadamente; somos liberais, mas não somos trouxas”, disse.

O ministro enfatizou ainda que o “Brasil é gigante verde”, pois conta com segurança energética e também alimentar. “A Europa olha o Brasil por causa da segurança energética, e a Ásia, pela alimentar”, disse.

Ele elogiou a busca de fertilizantes pelo presidente Bolsonaro e afirmou que a iniciativa “foi no caminho certo”. “O governo brasileiro reage à crise com muita velocidade”, avaliou.

No encerramento de seu discurso, Guedes disse que o Brasil é o lugar para estar agora. “É onde tudo vai acontecer”, previu.

Guedes participou da abertura do Fórum de Investimentos Brasil 2022, promovido pela Apex Brasil. Também participaram da abertura o presidente Jair Bolsonaro, o ministro das Relações Exteriores, Carlos França, e o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Mauricio Claver-Carone.

Compartilhe