Pandemia

Painel de especialistas da OMS recomenda uso amplo de vacina da AstraZeneca contra Covid

OMS disse que mesmo com questões sobre a eficácia da vacina contra a variante sul-africana "não há razão para não recomendar o uso"

arrow_forwardMais sobre
(Pixabay)

(Reuters) – Os benefícios da vacina contra Covid-19 desenvolvida pela AstraZeneca e a Universidade de Oxford superam quaisquer riscos e o imunizante deve ser recomendado para uso, inclusive em pessoas com 65 anos ou mais, disse um painel da Organização Mundial de Saúde (OMS) nesta quarta-feira.

Em recomendações provisórias sobre a vacina, o painel do Grupo Consultivo Estratégico de Especialistas em Imunização disse que a vacina deve ser administrada em duas doses, com um intervalo de cerca de 8 a 12 semanas entre a primeira e a segunda.

O grupo da OMS também disse que mesmo com questões que têm sido levantadas sobre a eficácia da vacina contra uma variante sul-africana do coronavírus “não há razão para não recomendar seu uso”.

A África do Sul interrompeu esta semana a vacinação com o imunizante da AstraZeneca depois que dados de um pequeno ensaio mostraram que ela não protegia contra doenças leves a moderadas da variante 501Y.V2 do coronavírus, atualmente predominante no país.

Já pensou em ser um broker? Esta série gratuita do InfoMoney mostra como entrar para uma das profissões mais bem remuneradas do mercado. Deixe seu e-mail abaixo para assistir.