Revisando projeções

OMC corta previsão para crescimento do PIB global este ano, de 4,1% a 2,8%

Segundo o relatório WTO Trade Forecast, a entidade projeta ainda que o avanço da atividade econômica mundial deve acelerar a 3,2% em 2023

Por  Estadão Conteúdo -

A Organização Mundial do Comércio (OMC) cortou a previsão para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) global este ano, de 4,1% a 2,8%. Segundo o relatório WTO Trade Forecast, a entidade projeta ainda que o avanço da atividade econômica mundial deve acelerar a 3,2% em 2023.

A instituição atribui a revisão negativa, em grande parte, à guerra decorrente da invasão da Ucrânia pela Rússia. De acordo com o documento, as estimativas levam em conta o impacto direto do conflito, das sanções contra Moscou e da queda da confiança de consumidores e empresas no mundo em meio às incertezas.

A OMC prevê que o PIB da América do Sul crescerá 1,9% este ano e 2,7%, no próximo. Já o da Europa deve avançar 2,3% em 2022 e 2,5% em 2023. A organização projeta ainda que a economia dos países da Comunidade dos Estados Independentes (CIS), excluindo a Ucrânia, terá tombo de 7,9% em 2022, seguida de queda de 0,1% em 2023.

Comércio global

A OMC também cortou a previsão de crescimento do volume de comércio internacional de mercadorias este ano, de 4,7% a 3,0%, devido aos efeitos da guerra russa na Ucrânia. Para 2023, a previsão é de uma expansão de 3,4%, mas a entidade explica que as estimativas são mais incertas do que o normal, por conta da natureza “fluida” do conflito.

Em relatório anual, a OMC ressalta que, além do confronto bélico no Leste Europeu, o avanço do coronavírus na China e as subsequentes medidas de restrições também pesam sobre os fluxos comerciais. O “lockdown” imposto em várias cidades do país asiático voltou a pressionar as cadeias produtivas, o que pode causar mais escassez de materiais e impulsionar a inflação, segundo a organização.

A entidade destaca que o comércio global de mercadorias pode crescer em um intervalo de 0,5% a 5,5% este ano, a depender da evolução das tensões. “A guerra na Ucrânia criou imenso sofrimento humano, mas também prejudicou a economia global em um momento crítico”, afirmou a diretora-geral da OMC, Ngozi Okonjo-Iweala. “Seu impacto será sentido em todo o mundo, particularmente em países de baixa renda, onde os alimentos representam uma grande fração dos gastos das famílias”, acrescentou.

Em 2021, o volume de comércio global de mercadorias cresceu 9,8%, de acordo com a OMC. Baseado em dólares, o valor desse comércio subiu 26%, a US$ 22,4 trilhões. Já o valor de serviços comerciais avançou 15%, a US$ 5,7 trilhões.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe