Núcleo da inflação do consumo (PCE) sobe 0,2% em dezembro e fecha o ano em 2,9%

O indicador cheio, que inclui os preços de alimentos e energia, fechou dezembro com variação de 0,2% ante novembro e de 2,6% em 12 meses

Roberto de Lira

(Shutterstock)

Publicidade

O núcleo do índice de preços de gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês) nos Estados Unidos subiu 0,2% em dezembro, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (26) pelo Departamento de Comércio americano. A variação anual do indicador que exclui alimentos e energia continuou sua tendência de desaceleração e fechou 2023 em 2,90%.

A medida mensal de núcleo ficou dentro das estimativas do consenso LSEG de analistas, que esperavam alta de 0,2% na variação mensal, Para a medida anual, no entanto, a estimativa era de 3,0% na anual.

O indicador cheio, que inclui os preços de alimentos e energia, fechou dezembro com variação de 0,2% ante novembro e de 2,6% em 12 meses. Para essa leitura, as projeções de analistas eram exatamente de 0,2% no mês e de 2,6% no ano.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A renda pessoal nos Estados Unidos teve alta de 0,3% em dezembro ante novembro, número veio em linha com o esperado por analistas consultados pela FactSet.

Os gastos com consumo, por sua vez, registraram uma alta de 0,7% no período, acima do avanço de 0,5% estimado pelos analistas. Já os números de novembro foram revisados, de alta de 0,2% para avanço de 0,4% ante o mês anterior.

(Com Estadão Conteúdo)