RADAR INFOMONEY O que as maiores altas e baixas da Bolsa em setembro podem indicar sobre o mercado de ações nos próximos meses de 2020?

O que as maiores altas e baixas da Bolsa em setembro podem indicar sobre o mercado de ações nos próximos meses de 2020?

Falsificação

Nota falsificada de R$ 200 começa a circular no Rio de Janeiro

Nova nota deve ser lançada apenas no final de agosto, segundo o Banco Central

Hands holding Brazilian real notes - Money from Brazil - Notes of Real - Brazil BRL banknote
(Sidney de Almeida/Getty Images)

SÃO PAULO – Notas falsificadas da nova cédula de R$ 200 já estariam em circulação pelo Rio de Janeiro. Uma publicação viral nas redes sociais mostra a imagem de uma nota falsificada no bairro de Madureira, situado na zona norte da capital fluminense.

Anunciada pelo Banco Central no final de julho, a nota deverá entrar em circulação a partir do final de agosto. A cédula, que está em fase final de testes de impressão, terá como personagem o lobo-guará e não teve a sua imagem divulgada por motivos de segurança.

Imagem com nota falsa de R$ 200 reais viralizou na internet.

Em publicação no Twitter, a autoridade monetária pediu para a população ficar atenta e não aceitar ou repassar qualquer nota com o novo valor.

A criação da nova nota de R$ 200 tem sido alvo de críticas por conta do seu alto valor nominal e pela possibilidade de facilitar atividades criminosas, como a lavagem de dinheiro.

O Movimento do Ministério Público Democrático (MPD), o Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social e outras oito entidades assinaram um manifesto pedindo ao Banco Central para revisar a adoção da cédula.

No documento, as organizações afirmam que o processo de criação da nota foi pouco transparente e pouco participativo e citam o esforço de diversas autoridades monetárias ao redor do mundo em tentar restringir o uso de cédulas de alto valor.

O grupo diz ainda que a nota deve gerar impacto negativo sobre a segurança pública, pois pode permitir o armazenamento e transporte de volumes maiores de dinheiro em espaços menores e aumentar a atratividade de quadrilhas especializadas em crimes como roubo a bancos e a transportadoras de valores.

PUBLICIDADE

Veja um trecho do posicionamento:

“Os esforços pela substituição do papel-moeda por interfaces virtuais devem ser preferidos, dado que certamente mitigariam a ocorrência de crimes como assaltos, sequestros relâmpagos e roubos a caixas eletrônicos. A criação da nota de R$ 200, portanto, beneficiará indivíduos e organizações criminosas que movimentam grandes quantidades de dinheiro ilícito, diminuindo significativamente, portanto, a probabilidade de detecção de transações financeiras envolvidas em atividades como corrupção e crimes do colarinho branco, além de tráfico de drogas, tráfico de armas, contrabando, terrorismo, entre outras”.

Newsletter InfoMoney – Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.