Pandemia

Ministério da Saúde assina contrato para 10 milhões de doses da vacina Sputnik V

Cronograma de entrega da vacina prevê a chegada de 400 mil doses até o fim de abril

arrow_forwardMais sobre
Sputnik V, vacina russa contra a Covid-19 REUTERS/Agustin Marcarian
Sputnik V, vacina russa contra a Covid-19 (REUTERS/Agustin Marcarian)

BRASÍLIA (Reuters) – O Ministério da Saúde assinou nesta sexta-feira contrato para compra de 10 milhões de doses da vacina Sputnik V contra Covid-19 que serão importadas da Rússia pelo laboratório brasileiro União Química, informou a pasta.

Conforme o comunicado do ministério, o cronograma de entrega da vacina prevê a chegada de 400 mil doses até o fim de abril, mais 2 milhões em maio e 7,6 milhões em junho.

“Chegamos a um bom entendimento para receber a Sputnik V, iniciado em ainda em agosto de 2020, quando a Rússia aprovou o uso desse imunizante para seus cidadãos. Aprofundamos essas negociações já no mês seguinte e agora temos mais um reforço para salvar vidas e fortalecer nosso Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19 (PNO)”, disse o secretário-executivo da pasta, Elcio Franco, no comunicado.

Estagnado em sua profissão? Série gratuita do InfoMoney mostra como você pode se tornar um Analista de Ações em 2021. Clique aqui para se inscrever.