Mais um conflito

Manifestantes prometem nova greve nacional na Colômbia após encontro com presidente

"O governo não deu resposta aos pontos que apresentamos", disse o líder estudantil José Cárdenas

Iván Duque, presidente da Colômbia (Foto: Alan Santos/PR)
Aprenda a investir na bolsa

Bogotá, 26/11/2019 – O presidente da Colômbia, Iván Duque, se reuniu nesta terça-feira durante duas horas com membros de um grupo de coordenação de greves no país, mas não conseguiu chegar a um acordo com os manifestantes, que prometeram realizar outra greve nacional.

“O governo não deu resposta aos pontos que apresentamos”, disse o líder estudantil José Cárdenas. “Os motivos da greve se mantêm”, acrescentou.

A nova greve ocorrerá quase uma semana depois que 250 mil colombianos protestaram contra o governo em uma das maiores manifestações da história recente do país, em 21 de novembro.

Aprenda a investir na bolsa

Desde então, têm ocorrido protestos menores, nos quais se registrou a morte de quatro pessoas, incluindo um estudante de 18 anos.

Os líderes dos protestos apresentaram 13 petições a Duque. Eles se opõem a reformas no sistema de aposentadoria e nas leis trabalhistas.

Invista melhor seu dinheiro: abra uma conta gratuita na XP