Aqui Se Faz, Aqui Se Doa

Mais de 57 milhões de brasileiros se dedicam a atividades voluntárias

O perfil do voluntário no Brasil é tema do podcast Aqui se Faz, Aqui se DOA!; Pesquisa identifica engajamento crescente com o tema

Por  Júlia Cunha

Não é difícil perceber que o trabalho voluntário promove um crescimento pessoal para quem o realiza — seja emocional, espiritual ou no exercício da cidadania. A Pesquisa Voluntariado no Brasil 2021, coordenada por Silvia Naccache e produzida pelo IDIS e Instituto Datafolha, constatou que o brasileiro enxerga essa atividade como importante tanto para si quanto para quem recebe a ajuda.

O estudo, que já está em sua terceira edição, é o tema do episódio #69, do podcast Aqui se Faz, Aqui se DOA!, produzido pelo Instituto MOL com apoio do Movimento Bem Maior, Morro do Conselho Participações e Ambev, além de divulgação do Infomoney.

De acordo com a entrevistada, Silvia Naccache, a pesquisa identificou que 57 milhões de brasileiros fazem trabalho voluntário. “Isso é um salto muito grande, levando em conta que saímos de 18% em 2001 para 25% em 2011 e chegando a 56% de pessoas que já tinham tido, na última década, algum contato com o voluntariado”, explicou.

Ainda sobre esse aumento, a pesquisadora destacou que esse números se devem aos impactos causados pela pandemia e outros grandes acontecimentos da década, como eventos esportivos, culturais, religiosos, ambientais, além de questões emergenciais e humanitárias.

Outro ponto de destaque da pesquisa apresentado por Sílvia é o olhar mais diverso de onde os voluntários podem atuar. “Conseguimos identificar uma atuação maior das pessoas com causas voltadas para pessoas em situação de rua, proteção animal, pessoas com deficiência, que certamente nenhuma das outras duas edições a gente teve destaque”, afirmou.

O podcast também abordou o voluntariado corporativo e trouxe o caso do Instituto C&A, que atua há mais de 30 anos junto aos colaboradores para fortalecer comunidades por meio da moda. Raísa Martins Gomes, coordenadora do Instituto C&A, contou que a atividade voluntária acaba sendo uma das ferramentas para alcançar objetivos estratégicos e programáticos traçados sob a perspectiva da empresa.

“O voluntariado é uma grande maneira de fortalecer a equipe e de desenvolver colaboradores e, por isso, a gente segue olhando sempre para eles como a nossa maior força no programa, então reconhecê-lo, motivá-lo, agradecer é sempre muito importante!”, explicou.

Compartilhe