Documento do Fed

Maioria dos distritos dos EUA relata alta moderada de emprego, diz Livro Bege

O documento ainda traz que, na maioria dos distritos, as empresas relataram um forte crescimento salarial.

Por  Estadão Conteúdo -

A maioria dos distritos norte-americanos relata que o emprego aumentou moderadamente em um mercado de trabalho que todos eles descreveram como apertado, afirma o Livro Bege, sumário de opiniões que embasa as decisões de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos). No entanto, segundo o relatório, publicado no período da tarde desta quarta-feira, 1º de junho, um distrito relatou explicitamente que o ritmo de crescimento do emprego havia diminuído, enquanto algumas empresas na maioria dos distritos costeiros notaram congelamento de contratações ou outros sinais de que o aperto do mercado começou a diminuir.

O documento ainda traz que, na maioria dos distritos, as empresas relataram um forte crescimento salarial.

Em alguns, entretanto, as empresas notaram que os aumentos salariais estavam se estabilizando ou diminuindo. “Além disso, enquanto as empresas em todo o país geralmente preveem que os salários aumentem ainda mais no próximo ano, um distrito indicou que a taxa de crescimento salarial de suas empresas caiu por dois trimestres consecutivos”, destaca.

Outro problema que o texto aponta é a escassez de trabalhadores, que continuou a forçar muitas empresas a operar abaixo da capacidade. “Em resposta, as empresas continuaram a implantar automação, oferecer maior flexibilidade de trabalho e aumentar os salários”, diz o Livro Bege.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe