Fed de São Franscisco

Juros a 3,4% ao fim do ano é nível razoável para se chegar, diz dirigente do Fed

A presidente do Federal Reserve de São Francisco disse que, neste momento, considera uma alta de 50 pontos-base “razoável” para a próxima decisão monetária

Por  Estadão Conteúdo -

A presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) de São Francisco, Mary Daly, disse acreditar que alcançar a taxa de juros básicos a 3,4% ao fim do ano é um nível “razoável”. Em entrevista à Reuters pelo Twitter Space, a dirigente afirmou não querer dar números precisos sobre a amplitude de aumento nos juros a cada reunião, mas notou que há três decisões monetárias programadas para este ano e 100 pontos-base a serem elevados para se chegar ao patamar mencionado.

Mary Daly disse ainda não acreditar que o banco central americano deva aumentar os juros de forma rápida e drástica “apenas para abaixá-los poucos meses depois” e reiterou que as decisões dependerão de como vierem as leituras de dados macroeconômicos. “Na minha análise, não estamos nem perto da taxa neutra ainda”.

Quanto às projeções divulgadas pelo Fed em junho, a dirigente afirmou que ainda as considera razoavelmente justas.

“Não completamos nosso trabalho de combater a inflação”, frisou ela. “Com toda a incerteza lá fora, mercados e várias pessoas estão confusas. Minha esperança é que possamos esclarecer nossa trajetória de política monetária”.

A presidente do Federal Reserve de São Francisco disse também que, neste momento, considera uma alta de 50 pontos-base “razoável” para a próxima decisão monetária, em setembro, diante dos dados disponíveis no momento.

Na entrevista, a dirigente, que não tem poder de voto nas decisões monetárias este ano, afirmou, porém, pode passar a defender aumento de 75 pontos-base se a inflação ainda se mostrar forte à frente.

Ela reiterou que sua decisão será guiada por indicadores da economia norte-americana.

Ainda, Mary Daly disse que os Estados Unidos não estão vivendo uma recessão agora.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe