IPC-Fipe acelera de 0,25% para 0,38% na 2ª quadrissemana de junho

Alta na primeira quadrissemana tinha sido de 0,25%; quatro dos sete grupos do IPC-Fipe ampliaram altas: Habitação, Alimentação, Transportes e Saúde

Estadão Conteúdo

Avenida Juscelino Kubitschek, na zona sul de São Paulo (Foto: Lucas Sampaio/InfoMoney)
Avenida Juscelino Kubitschek, na zona sul de São Paulo (Foto: Lucas Sampaio/InfoMoney)

Publicidade

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, acelerou para 0,38% na segunda quadrissemana de junho, após a alta de 0,25% verificado na primeira quadrissemana, segundo dados publicados nesta terça-feira (18) pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Na segunda leitura deste mês, quatro dos sete grupos do IPC-Fipe ampliaram altas: Habitação passou de avanço de 0,11% no primeira quadrissemana de junho para variação de 0,27% na segunda medição. Em Alimentação, o avanço passou de 0,82% para 0,95% e em Transportes foi de uma alta de 0,08% para um avanço de 0,23%, na mesma comparação. Nos preços da Saúde, a variação passou de 0,53% a um crescimento de 0,76%.

Em Despesas Pessoais, o recuo de 0,12% visto na primeira quadrissemana de junho passou a uma queda um pouco menor, de 0,11%.

Continua depois da publicidade

Educação também teve mudança discreta, indo da estabilidade da quadrissemana anterior para um recuo de 0,01%.

Por fim, Vestuário passou de recuo de 0,14% a uma alta de 0,01%.