Inflação ao consumidor (CPI) da Alemanha acelera para 2,4% em maio

Em abril, CPI tinha sido de 2,2%; segundo o departamento de estatísticas, os preços dos serviços pressionaram o indicador, enquanto energia e alimentos amorteceram essa alta

Estadão Conteúdo

Rua comercial de Konstanz, na Alemanha (Foto: Arnd Wiegmann/Reuters)
Rua comercial de Konstanz, na Alemanha (Foto: Arnd Wiegmann/Reuters)

Publicidade

A taxa anual de inflação ao consumidor da Alemanha ficou em 2,4% em maio, uma aceleração ante a alta de 2,2% em abril, segundo dados finais divulgados nesta quarta-feira (12) pelo Destatis, o escritório de estatísticas do país. Na comparação mensal, o CPI alemão subiu 0,1% em maio.

Os resultados mensal e anual confirmaram a divulgação preliminar e vieram em linha com as projeções de analistas consultados tanto pela FactSet como pelo consenso LSEG.

Baixe uma lista de 11 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de crescimento para os próximos meses e anos

Continua depois da publicidade

O núcleo da inflação, medida que excluindo as variações de preços da energia de dos alimentos, ficou em 3,0% em termos anualizados, taxa estável em relação abril.

Ruth Brand, presidente do Destatis comentou que a taxa e inflação voltou a acelerar principalmente devido ao aumento contínuo dos preços dos serviços “Por outro lado, os preços de energia e alimentos tiveram um efeito de amortecimento na inflação geral desde o início do ano”, atenuou Brand.