Bolsas mundiais

Índices futuros americanos e bolsas europeias sobem no primeiro dia de reunião do Fed

O presidente do Fed, Jerome Powell, falará à imprensa após o banco central divulgar uma declaração sobre suas decisões, na quarta-feira

Por  Equipe InfoMoney -

Os índices futuros americanos têm leves altas nesta terça (15), após S&P e Nasdaq tocarem níveis recordes na segunda. Na Europa, as bolsas têm tendência positiva, enquanto que as da Ásia fecharam com resultados variados entre si. Investidores se mantêm atentos para o primeiro dia de reunião do Fed.

Na segunda, o índice S&P ganhou 0,2%, fechando em um novo nível recorde, de 4.255,15 pontos. O Dow caiu 85 pontos, enquanto que o Nasdaq teve a melhor performance entre os três, ganhando 0,8% e fechando no patamar recorde de 14.174,14 pontos.

O rendimento dos títulos do Tesouro americano com vencimento em dez anos vem caindo, e atingiu o patamar de 1,5% na segunda, o menor em três meses.

Isso contribui para impulsionar ações de empresas marcadas por forte crescimento, como de tecnologia. Cabe ressaltar que um cenário de alta de juros tende a afetar especificamente o setor uma vez que ele possui fluxos de caixa mais longos e é mais impactado pelo aumento nas taxas de juros de longo prazo.

O Bitcoin, por sua vez, foi a US$ 40 mil na segunda, depois de o CEO da fabricante de carros elétricos Tesla, Elon Musk, afirmar, no domingo, que voltaria a realizar transações com a criptomoeda caso confirme que mineradores (indivíduos e empresas que, em troca de bitcoins, disponibilizam computadores para operacionalizar a blockchain, um tipo inovador de banco de dados que é a base da infraestrutura da criptomoeda) realizam um uso que considere “razoável” de energia limpa. Musk posicionou este patamar como 50% da energia utilizada, com uma tendência “positiva”, ou seja, de elevação do percentual.

Nesta terça se inicia a reunião de dois dias do Federal Reserve, sobre política monetária, que deve ser o enfoque dos investidores na semana. A expectativa é de que o banco central dos Estados Unidos não tome nenhuma nova medida. Mas comentários sobre taxa de juros, inflação e economia sinalizando uma futura desaceleração em sua política de compra de ativos podem influenciar os mercados.

O presidente do Fed, Jerome Powell, falará à imprensa após o banco central divulgar uma declaração sobre suas decisões, na quarta-feira. Espera-se que ele reafirme o compromisso da instituição com uma política monetária expansionista. Há, no entanto, preocupação a respeito da inflação nos Estados Unidos, que registrou em maio níveis mais altos do que o esperado, de acordo com relatório divulgado na última quinta-feira.

Investidores aguardam nesta terça pela divulgação do PPI (Índice de Preços ao Produtor), que deve trazer mais sinais sobre o ritmo de inflação no país. A expectativa de analistas ouvidos pela Dow Jones é de que o índice suba 0,5% em maio. E que o núcleo do PPI, que exclui itens mais voláteis, como alimentos e energia, também fique em 0,5%.

As bolsas asiáticas tiveram desempenhos variados entre si na terça. O Nikkei, no Japão fechou com alta de 0,96%; o Kospi subiu 0,2%; na China continental, o Shanghai composto caiu 0,92%, e o componente Shenzhen caiu 0,864%; em Hong Kong, o índice Hang Seng caiu 0,6%.

Na Europa, o índice Stoxx 600, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, avança 0,4% pela manhã. O setor de químicos sobe 1%, enquanto que o de petróleo e gás recua 0,5%.

Dados oficiais confirmaram que a inflação final anual na Alemanha foi de 2,4% em maio, enquanto que a da França ficou em 1,8%.

Veja o desempenho dos principais índices às 6h40 (horário de Brasília):
*S&P 500 Futuro (EUA), +0,09%
*Nasdaq Futuro (EUA), +0,27%
*Dow Jones Futuro (EUA), +0,04%
Europa
*FTSE (Reino Unido) +0,42%
*Dax (Alemanha), +0,73%
*CAC 40 (França), +0,56%
*FTSE MIB (Itália), -0,12%
Ásia
*Nikkei (Japão), +0,96% (fechado)
*Hang Seng Index (Hong Kong), -0,71% (fechado)
*Kospi (Coreia do Sul), +0,2% (fechado)
*Shanghai SE (China), -0,92% (fechado)
Commodities e bitcoin
*Petróleo WTI, +0,353%, a US$ 71,13 o barril
*Petróleo Brent, +0,36% a US$ 73,12 o barril
*Bitcoin -0,11%, a US$ 40.067,13
**A Bolsa de Dalian fechou com o minério de ferro em alta de 0,91%, cotado a 1225,5 iuanes, equivalente hoje a US$ 191,46 (nas últimas 24 horas).
USD/CNY = 6,40

Entre no grupo do InfoMoney no Telegram para ter acesso a este conteúdo e faça parte de uma comunidade de mais de 177 mil pessoas que acompanham a plataforma.

O Telegram do InfoMoney oferece gratuitamente uma cobertura em tempo real do mercado financeiro. Traz também análises e as principais notícias que movimentam as Bolsas, aqui e no exterior.

Compartilhe