Impacto total da alta de juros ainda não foi sentido, diz economista-chefe do BCE

Para Philip Lane, impacto contínuo de nossas decisões de política monetária continuará reduzindo a inflação no próximo ano

Reuters

O economista chefe do BCE, Philip Lane (Reuters/Yiannis Kourtoglou)
O economista chefe do BCE, Philip Lane (Reuters/Yiannis Kourtoglou)

Publicidade

Londres (Reuters) – O impacto total dos aumentos anteriores dos juros pelo Banco Central Europeu ainda não foi sentido na inflação da zona do euro, disse o economista-chefe do BCE, Philip Lane, nesta segunda-feira (17).

“Não acreditamos que o efeito máximo sobre a dinâmica da inflação tenha ocorrido”, disse Lane à Reuters. “O impacto contínuo de nossas decisões de política monetária continuará reduzindo a inflação no próximo ano.”

Lane fez as declarações em uma entrevista durante o evento Reuters NEXT Newsmaker na Bolsa de Valores de Londres.