Cenário Global

Imagem do Brasil atinge 41% de influência positiva, revela pesquisa

Realizada entre novembro do ano passado e fevereiro deste ano, foram entrevistados moradores de 28 países

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A imagem do Brasil no cenário global atingiu o patamar de 41% de aprovação, ante 23% de influência negativa, de acordo com informações da Agência Brasil. Os dados são resultados de uma pesquisa desenvolvida pelo Serviço Mundial da BBC e conduzida pela GlobeScan/PIPA.

Realizada entre novembro do ano passado e fevereiro deste ano, foram ouvidas 29.997 pessoas de 28 países, que tiveram de responder sobre como consideram a influência de 17 países do mundo, entre eles o Brasil, optando entre positiva ou negativa.

Na avaliação dos entrevistados brasileiros, cerca de 84% veem a imagem do próprio País como positiva no cenário externo.

Aprenda a investir na bolsa

Vizinhos
Entre os países das Américas, apenas o Canadá (de 46% para 38%) apresentou queda em relação à imagem verde-amarela. Os chilenos (77%) e mexicanos (59%), assim como os entrevistados na América Central (55%), enxergam o País com bons olhos.

Na Ásia, as impressões sobre o Brasil também são positivas. Na China, por exemplo, 55% dos entrevistados analisam positivamente o País. Coreia do Sul (51%), Filipinas (47%) e Tailândia (44%) aparecem na sequência em nível de aprovações.

Europa
Os países do velho continente também compactuam da mesma ideia dos americanos em relação à influência positiva do Brasil no mundo. No Reino Unido, as percepções negativas caíram 15 pontos percentuais (agora em 20%) e os britânicos agora tendem a ver o País de forma positiva (35%), enquanto antes se encontravam divididos.

Em Portugal (51%) e na França (50%) metade dos entrevistados integram a lista favorável do Brasil lá fora. No último país, a atitude positiva aumentou oito pontos percentuais em comparação com pesquisas passadas.

Declínio
Egito e Paquistão detêm as piores avaliações sobre a influencia brasileira no exterior. No Egito, a avaliação positiva caiu 15 pontos percentuais, chegando a apenas 18% dos entrevistados. Já no Paquistão, o índice bateu apenas 13%.

Embora mais da metade do moradores chineses avaliem de forma positiva o Brasil, naquele país a apreciação brasileira apresentou queda de 10% em relação à pesquisa passada. Gana (de 50% para 41%), Itália (de 49% para 40%) e Nigéria (de 47% para 38%) também apresentaram recuo.

PUBLICIDADE

No topo
A Alemanha é o país considerado como o de maior influência positiva no mundo (em média, 59% dos entrevistados avaliaram o país favoravelmente), e o Irã é o país visto como o menos positivo – apenas 15% dos entrevistados, contra 56% que o veem de forma negativa.