Brics

Guedes diz que apresentará candidatura da Argentina para o banco dos Brics

Ministro argentino afirmou que a relação com o Brasil é fundamental e que há interesse das duas partes em buscar uma maior integração

Por  Estadão Conteúdo -

Após se reunir com o ministro da Economia da Argentina, Martín Guzmán, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que apresentará o país vizinho como candidato para ingressar no New Development Bank (NDB), o banco dos Brics, grupo de países que inclui Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Segundo Guedes, os dois países têm um papel decisivo na segurança alimentar e energética da América do Sul e do mundo. Ele ainda afirmou que o Brasil tem interesse em ter acesso às reservas de gás do país e comemorou a decisão da Petrobras de reduzir o preço do gás liquefeito de petróleo (GLP).

“Eles têm muitos fertilizantes e a capacidade de multiplicar por dez a produção atual. Nos ajudaram quando fizemos a redução de tarifas externas. Nós vamos ajudar a Argentina com o programa do FMI (Fundo Monetário Internacional). É uma história de parceria que está ficando cada vez maior. O objetivo maior é a integração das nossas economias”, disse.

Guzmán afirmou que a relação com o Brasil é fundamental e que há interesse das duas partes em buscar uma maior integração.

“O Brasil é o sócio mais importante em termos econômicos e comerciais para a Argentina. No campo de energia vamos continuar trabalhando para uma maior integração energética, para incrementar a escala de produção, redução dos custos e melhora da competitividade das nossas indústrias”, declarou.

Compartilhe