Retomada da economia

Governo de SP anuncia programa para fomento a emprego e novos investimentos em cultura

Iniciativas visam incentivar a geração de renda, emprego e desenvolvimento no estado

O Theatro Municipal, no centro de São Paulo, vazio durante a pandemia de coronavírus
O Theatro Municipal, em São Paulo (Rovena Rosa/Agência Brasil)

SÃO PAULO – O governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (26) a criação de um novo programa de fomento a empregos no estado.

Batizado de “Meu Emprego, Vaga Certa”, a plataforma digital gratuita fará a intermediação entre os trabalhadores e as vagas de trabalho, permitindo às empresas a busca por candidatos e currículos na plataforma por geolocalização.

“Esse programa vai permitir que as empresas rapidamente encontrem trabalhadores certos para a sua vaga. A plataforma vai agilizar a contratação de mão de obra para o mercado de trabalho, em todos os níveis de qualificação”, disse o governador João Doria.

PUBLICIDADE

Os trabalhadores podem cadastrar e atualizar as suas informações na nova plataforma pelo aplicativo Sine Fácil, pelo portal do governo de São Paulo ou nos postos de atendimento de Trabalho. Segundo o governo, 1,8 milhão de currículos já estão disponíveis para busca.

Segundo Patricia Ellen, secretária estadual de Desenvolvimento Econômico, o primeiro mutirão de emprego feito pela plataforma será realizado na segunda quinzena de setembro, em parceria com a União Geral dos Trabalhadores (UGT), com a oferta de cinco mil vagas de trabalho.

Ellen também afirmou que 743 vagas já foram disponibilizadas na plataforma pela Associação Paulista de Supermercados (Apas).

“Esse setor, em julho, registrou um recorde de empregos gerados e quase 40% das vagas preenchidas no Brasil foram no estado de São Paulo. Essa é uma atividade que está empregando e agora vamos ter uma forma direta de apoiar quem mais precisa com a ferramenta digital”, disse Ellen.

Apoio na Cultura

Doria também anunciou o lançamento de um novo pacote de incentivo à cultura e economia criativa no estado, por meio de oito editais do ProAC Expresso 2020.

O programa de fomento é voltado a projetos culturais de pessoas físicas ou jurídicas, com o objetivo de mitigar os efeitos da crise causada pela pandemia no setor.

PUBLICIDADE

O investimento de R$ 177,18 milhões vai apoiar cerca de 4,8 mil projetos, que devem gerar 53,8 mil postos de trabalho e um impacto econômico de R$ 266,8 milhões em todo o estado, segundo estimativas da Secretaria de Cultura.

“Em São Paulo, o segmento da cultura tem participação em 3,9% do PIB do estado – isso representa 1,5 milhão de empregos. Nosso objetivo é estimular as atividades culturais, incentivando a geração da renda, o desenvolvimento do setor cultural e também reafirmar o nosso compromisso com a cultura”, afirmou o governador.

Projetos nas áreas de teatro, dança, conteúdo infanto-juvenil, circo, música, ações culturais em comunidades, artes visuais, cultura popular, espaços culturais e literatura já podem ser inscritos nos editais do governo, através da plataforma Prosas.

Segundo o governo, 50% dos recursos serão destinados a iniciativas e artistas do interior e do litoral do estado e 20% a artistas iniciantes.

Newsletter InfoMoney – Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.