Maior pessimismo

Governo corta projeções e prevê queda do PIB de 4,7% em 2020; perda estimada é de R$ 20 bi por semana de isolamento

Projeção do IPCA foi cortada de 3,12% para 1,77% em 2020

arrow_forwardMais sobre

O governo federal passou a prever uma queda de 4,7% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2020, em meio ao impacto da pandemia do coronavírus na atividade econômica, de acordo com dados divulgados pelo Ministério da Economia. A última estimativa oficial foi divulgada em março e ainda era de alta de 0,02%.

Com relação ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), indicador oficial da inflação, a expectativa para 2020 foi de 3,12% para 1,77%.

Para 2021, 2022 e 2023, o Ministério da Economia projetou altas de 3,2%, de 2,6% e de 2,5% para o PIB.

PUBLICIDADE

No relatório com as projeções revisadas, o Ministério da Economia afirmou que o PIB terá perda de R$ 20 bilhões em cada semana de isolamento social e paralisação da produção, ao mencionar impactos
econômicos da pandemia de Covid-19.

O valor pode ser maior caso o período de paralisação se estenda além de 31 de maio, diz a nota. “Quanto mais tempo permanecermos em regime de isolamento social maior será a perda de arrecadação das empresas e, logo
maior o seu endividamento, promovendo um número crescente de falências e destruição de postos de trabalho”.

Os custos imediatos foram estimados a partir de “levantamento detalhado de informações” para os 128 produtos da
Tabela de Recursos e Usos do IBGE, diz o documento.

Newsletter InfoMoney – Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.