Fomc

Federal Reserve mantém juros nos EUA e diz que crescimento econômico está “bem abaixo” do nível pré-crise

Fomc também reforçou seu compromisso de manter as compras de títulos e a variedade de programas de empréstimos e liquidez

SÃO PAULO – O Federal Reserve decidiu nesta quarta-feira (29) manter novamente os juros nos Estados Unidos na faixa entre 0% e 0,25% ao ano, patamar mantido desde 15 de março.

Além disso, o Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) expressou seu compromisso de manter as compras de títulos e a variedade de programas de empréstimos e liquidez também associados à resposta ao coronavírus.

O comunicado do banco central americano diz que o crescimento econômico está melhor do que estava no nível mais baixo da crise, mas ainda não está no mesmo nível.

PUBLICIDADE

“Após quedas acentuadas, a atividade econômica e o emprego aumentaram um pouco nos últimos meses, mas permanecem bem abaixo de seus níveis do início do ano”, diz o texto.

“A demanda mais fraca e os preços do petróleo significativamente mais baixos estão mantendo a inflação dos preços ao consumidor. As condições financeiras gerais melhoraram, refletindo em parte as medidas políticas para apoiar a economia e o fluxo de crédito para famílias e empresas dos EUA”, continua o Fomc.

Os integrantes do Fed ainda repetiram o discurso da última reunião, quando reforçaram que os juros devem permanecer nos níveis atuais até que eles estejam “confiantes de que a economia resistiu aos eventos recentes e esteja a caminho de atingir suas metas máximas de emprego e estabilidade de preços”.

Apesar disso, o Fomc não forneceu nenhum detalhe sobe o que seria necessário para que as taxas começassem a subir novamente.

A carreira que mais forma milionários: conheça o primeiro MBA do Brasil totalmente dedicado ao mercado de ações