Exportações da Alemanha caem mais do que o previsto em maio

As exportações caíram 3,6% em maio em comparação com o mês anterior, quase o dobro da queda de 1,9% prevista por analistas em uma pesquisa da Reuters

Reuters

Porto em Hamburgo, na Alemanha (Foto: Phil Noble/Reuters)
Porto em Hamburgo, na Alemanha (Foto: Phil Noble/Reuters)

Publicidade

(Reuters) – As exportações da Alemanha caíram mais do que o esperado em maio devido à demanda fraca da China, dos Estados Unidos e de países europeus, mostraram dados do Destatis, o escritório federal de estatísticas nesta segunda-feira (8).

As exportações caíram 3,6% em maio em comparação com o mês anterior, quase o dobro da queda de 1,9% prevista por analistas em uma pesquisa da Reuters.

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de crescimento para os próximos meses e anos

Continua depois da publicidade

A balança de comércio exterior apresentou um superávit de 24,9 bilhões de euros em maio, após 22,2 bilhões de euros em abril e 16,8 bilhões de euros em maio do ano anterior.

Depois de dois bons meses, o setor de exportação voltou à normalidade, disse o economista-chefe do Hauck Aufhaeuser Lampe Privatbank, Alexander Krueger.

De modo geral, as exportações devem se beneficiar da economia global um pouco mais forte, disse ele. “No entanto, há sinais de constantes altos e baixos nos próximos meses.”

Continua depois da publicidade

As exportações para os países da UE caíram 2,5% em maio em relação ao mês anterior e para países fora da UE tiveram queda de 4,9%, informou o escritório de estatísticas.

As exportações da Alemanha para os EUA – seu maior mercado em maio – caíram 2,9% em relação ao mês anterior, enquanto para a China recuaram 10,2% e as exportações para a Rússia tiveram queda de 19,3%.