Acordo comercial

EUA vão considerar renovar isenção de tarifas para produtos chineses

Bens chineses totalizando US$ 34 bilhões foram isentos de tarifas adicionais impostas por Washington em julho de 2018, mas vencimento será no fim do ano

(Shutterstock)

Os Estados Unidos vão considerar renovar por até doze meses exclusões tarifárias para US$ 34 bilhões em importações da China, num momento em que as duas maiores potências econômicas globais tentam chegar a um acordo comercial, segundo comunicado do Escritório do Representante Comercial (USTR, na sigla em inglês) dos EUA.

Em dezembro de 2018, bens chineses totalizando US$ 34 bilhões foram isentos de tarifas adicionais impostas por Washington em julho do ano passado. Essa exclusão, porém, irá vencer no fim de dezembro deste ano.