Desenvolvimento de tecnologia

EUA: Senado aprova pacote de US$ 250 bilhões que visa competir com China em inovação

A proposta foi aprovada com 68 votos favoráveis 32 contrários

Bandeiras da China e EUA (Foto: Getty Images)

O Senado dos Estados Unidos aprovou na terça-feira, 8, um projeto de lei bipartidário de US$ 250 bilhões que tem como objetivo impulsionar os gastos do governo em pesquisa e desenvolvimento de tecnologia em meio à crescente competição com a China e de outras nações.

A proposta foi aprovada com 68 votos favoráveis 32 contrários. O avanço veio depois da votação ter sido adiado pouco antes do recesso do Memorial Day do Senado.

A legislação ainda precisa de aprovação na Câmara dos Representantes, que tem ponderado abordagens um tanto diferentes. O tamanho da contagem final dos votos no Senado sugere que o pacote pode ter ampla votação favorável. O projeto visa reformar o apoio do governo dos EUA à ciência, expandindo o papel na pesquisa tecnológica. Ele autorizaria cerca de US$ 190 bilhões em gastos para fortalecer as tecnologias avançadas buscando competir globalmente, embora nem todo esse dinheiro represente novos gastos.

O projeto também se tornou um meio para uma série de outras iniciativas relacionadas à tecnologia. Autorizaria cerca de US$ 52 bilhões para incentivar uma maior produção de semicondutores nos EUA.

O governo do presidente Joe Biden disse recentemente que apoiava o projeto do Senado e continuaria a trabalhar com o Congresso para melhorá-lo e garantir que as metas de financiamento fossem cumpridas. “Esta legislação bipartidária é um passo importante para garantir que os EUA permaneçam globalmente competitivos no século 21”, afirmou um comunicado da administração.

Para entender como operar na bolsa através da análise técnica, inscreva-se no curso gratuito A Hora da Ação, com André Moraes.