EUA planejam vender 26 milhões de barris de petróleo de reserva estratégica

Em 2022, a administração de Joe Biden autorizou a redução da reserva estratégica americana para tentar compensar os efeitos da guerra na Ucrânia

Estadão Conteúdo

Torre de petróleo em North Dakota, nos Estados Unidos

Publicidade

O Departamento de Energia (DoE) dos EUA anunciou planos de vender 26 milhões de barris de petróleo bruto de sua Reserva Estratégica de Petróleo (SPR, pela sigla em inglês) no ano fiscal de 2023, como exigido pelo Congresso do país. O período de entrega do petróleo será de 1° de abril a 30 de junho, informou o DoE em comunicado.

Em 2022, a administração de Joe Biden autorizou a redução da reserva estratégica, num esforço para compensar problemas de abastecimento gerados pela invasão da Ucrânia pela Rússia, que gerou alta expressiva nos preços internacionais do petróleo.

Foi a maior redução da SPR da história, com os níveis atingindo o ponto mínimo desde 1983. A reserva de emergência atualmente conta com cerca de 371 milhões de barris.