Dados dos EUA

EUA criam 467 mil empregos em janeiro, mostra payroll, dado acima do esperado; taxa de desemprego vai a 4%

Pesquisa Reuters com economistas projetava a abertura de 150 mil vagas de trabalho fora do setor agrícola no mês passado

Por  Equipe InfoMoney -

Os Estados Unidos criaram 467 mil vagas de trabalho em janeiro, de acordo com o Relatório de Emprego (payroll) divulgado nesta sexta-feira (4) pelo Departamento de Trabalho.

O dado foi acima do esperado. A expectativa era de que a criação de vagas de trabalho nos Estados Unidos tivesse desacelerado em janeiro diante das infecções por Covid-19 no país, afetando a atividade em negócios dependentes de contato físico, em um revés temporário para a recuperação do mercado de trabalho.

Era esperada ainda manutenção da taxa de desemprego em 3,9% que, contudo, subiu para 4%.

O salário médio por hora cresce 0,7% na base anual em janeiro, ante consenso de 0,5%. Já a média de horas trabalhadas por semana ficou em 34,5, ante consenso de 34,7.

Pesquisa Reuters com economistas projetava a abertura de 150 mil vagas de trabalho fora do setor agrícola no mês passado, depois de 199 mil em dezembro.

Contudo, um fechamento de vagas, o primeiro desde dezembro de 2020, não estava descartado, principalmente após os dados do ADP, de empregos do setor privado, revelados na quarta-feira (2), que mostraram que 301 mil empregos foram eliminados, ante estimativa de criação de 207 mil postos de trabalho.

A expectativa era por conta de que os trabalhadores que recebem salários mais baixos em setores como saúde e lazer, que tipicamente não têm licença médica remunerada, sofrem mais o impacto do inverno com a variante Ômicron do coronavírus.

(com informações da Reuters)

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

 

Compartilhe