Indicadores

EUA criam 245 mil empregos em novembro, abaixo do esperado; desemprego vai a 6,7%

Expectativas eram de que o mercado trabalho americano perdesse força em meio à segunda onda do coronavírus

Bandeira dos EUA (Crédito: Shutterstock)

SÃO PAULO – Os Estados Unidos registraram a criação de 245 mil vagas em novembro, revelou nesta sexta-feira (4) o Departamento de Trabalho do país. O número veio abaixo da mediana das expectativas dos economistas compilada no consenso Bloomberg, que apontava para a geração de 475 mil postos de trabalho no período.

Os dados dos meses anteriores foram revisados, passando de 638 mil para 610 mil em outubro e de 672 mil para 711 mil em setembro. A expectativa dos economistas era de que o mercado de trabalho do país se desacelerasse em meio à segunda onda do coronavírus.

Já a taxa de desemprego na maior economia do mundo ficou em 6,7%, ante estimativas de que caísse de 6,9% para 6,8%.

Essa foi a sexta queda mensal seguida da taxa, que atingiu seu pico de 14,7% em abril.

Você sabe o que é 3×1? Assista de graça a estratégia de opções que busca triplicar o capital investido em um mês