AO VIVO Stock Pickers entrevista RI da Cogna: após entrevistarmos gestores comprados e vendidos, é hora de falarmos com o RI da empresa; assista

Stock Pickers entrevista RI da Cogna: após entrevistarmos gestores comprados e vendidos, é hora de falarmos com o RI da empresa; assista

Pandemia

Estudo de Israel mostra que vacina da Pfizer é 95% eficaz contra a Covid-19

Os dados reforçam as conclusões sobre eficácia da Pfizer e de sua parceira BioNTech, que após os testes finais também relataram que 95% de eficácia

arrow_forwardMais sobre

TEL AVIV (Reuters) – Um provedor de serviços de saúde de Israel disse nesta quarta-feira que a vacina contra Covid-19 da Pfizer Inc se mostrou 95% eficaz em um teste com 602 mil pessoas, reforçando as conclusões da farmacêutica sobre a eficácia do remédio.

A HMO Maccabi, que oferece cobertura médica a mais de um quarto de todos os israelenses, disse em um comunicado que só 608 pessoas foram diagnosticadas com Covid-19 mais de uma semana depois de receberem a segunda das duas doses exigidas da vacina da Pfizer.

A comparação foi com um grupo de 528 mil israelenses com históricos semelhantes que não receberam a vacina, disse o Maccabi. Destes, 20.621 tiveram resultados positivos.

“Comparando a proporção de casos novos entre os grupos vacinados e ainda por vacinar, a eficácia da vacina em Israel está estimada atualmente em 95% sete ou mais dias depois de se receber a segunda dose”, informou o Maccabi.

A maioria dos 608 vacinados infectados só relatou sintomas brandos, como dor de cabeça e tosse, disse o Maccabi. Cerca de 21 precisaram de hospitalização, sete dos quais tiveram sintomas graves, acrescentou.

Os dados do Maccabi reforçam as conclusões sobre eficácia da Pfizer e de sua parceira alemã BioNTech, que após um teste de estágio avançado também relataram que sua vacina é 95% eficaz.

Quase 44% dos 9,1 milhões de cidadãos de Israel já receberam ao menos uma dose da vacina da Pfizer, o que faz do país o maior caso de estudo de sua eficácia no mundo real.

Nesta quarta-feira, o Clalit, maior provedor de serviços de saúde de Israel, relatou uma queda de 94% nos casos sintomáticos de Covid-19 entre as 600 mil pessoas que receberam as duas doses da Pfizer.

Já pensou em ser um broker? Esta série gratuita do InfoMoney mostra como entrar para uma das profissões mais bem remuneradas do mercado. Deixe seu e-mail abaixo para assistir.

PUBLICIDADE