Coronavírus

Estado de SP ultrapassa 1.000 mortes por Covid-19 em 24 horas

O recorde anterior diário de mortes pela Covid-19 no estado era de 679, atingido na terça-feira da última semana

arrow_forwardMais sobre
Profissional da UTI do Hospital São Paulo trata paciente com Covid-19 17/03/2021 REUTERS/Amanda Perobelli
Profissional da UTI do Hospital São Paulo trata paciente com Covid-19 (REUTERS/Amanda Perobelli)

SÃO PAULO – O Estado de São Paulo registrou 1.021 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, o maior número desde o início da pandemia de coronavírus, segundo dados da Secretaria de Saúde do Estado divulgados na manhã desta terça-feira.

O recorde anterior diário de mortes pela Covid-19 no estado era de 679, atingido na terça-feira da última semana. As terças-feiras costumam concentrar o maior número de registro de casos e mortes, devido ao represamento de confirmações e óbitos que aconteceram no final de semana, mas não foram computados pelos municípios.

O estado também registrou 20.942 novas confirmações de infecções pelo coronavírus, segundo maior número da pandemia, abaixo dos 21.515 novos casos registrados no dia 10 de novembro do ano passado.

Ainda de acordo com números da Secretaria de Saúde paulista, a ocupação dos leitos de unidades de terapia intensiva em São Paulo está em 91,9%.

São Paulo e o Brasil vivem o pior momento da pandemia de Covid-19, pouco depois de um ano de seu início. O recorde de mortos em 24 horas em São Paulo, Estado com maior população do país, sinaliza que o total nacional, a ser anunciado no final do dia, também deverá registrar alta histórica.

De acordo com os dados da secretaria, São Paulo tem 2.332.043 casos confirmados de Covid-19 e 68.623 pessoas morreram por causa da doença no Estado.

Participe do Treinamento gratuito Scalper Pro e entenda como extrair lucro e controlar riscos na Bolsa em operações que duram minutos ou segundos! Inscreva-se aqui.