Dívida pública global atinge recorde de US$ 97 trilhões em 2023, diz Unctad

Dívida dos países em desenvolvimento atingiu US$ 29 trilhões em 2023, ou 30% do total mundial; em 2010, ela representava apenas 10%

Estadão Conteúdo

(Foto: Shutterstock)
(Foto: Shutterstock)

Publicidade

A Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (Unctad) afirma que a dívida pública global atingiu o recorde de US$ 97 trilhões em 2023, um crescimento de US$ 5,6 trilhões ante o ano anterior. Em relatório, a entidade diz que esse movimento é puxado por uma série de crises, bem como pelo desempenho “fraco e desigual” da economia global.

 

O crescimento da dívida é marcado por “disparidades regionais significativas”, com a dívida pública em países em desenvolvimento crescendo a um ritmo duas vezes mais rápido que a dos desenvolvidos.

Continua depois da publicidade

 

A dívida pública nos países em desenvolvimento atingiu US$ 29 trilhões em 2023, ou 30% do total mundial. Em 2010, ela representava apenas 10%.

 

Continua depois da publicidade

Há também grande contraste entre as regiões em desenvolvimento, nota a Unctad. Mais de três quartos da dívida é detida por países da Ásia e da Oceania, enquanto os da América Latina e Caribe detêm 17% e a África, 7%. No continente africano, porém, mais países enfrentam dívidas elevadas, com a dívida pública acima de 60% do PIB.