Kristalina Georgieva

Crise atual é ‘mais severa e complexa’, diz diretora-gerente do FMI

Cenário exige uma adaptação e que repensemos nossas vidas e economias, destaca Kristalina Georgieva

arrow_forwardMais sobre
Kristalina Georgieva (Foto: Mark Wilson/Getty Images)

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, destacou em discurso nesta terça-feira, 14, que a crise atual é singular, sendo “mais severa e mais complexa do que qualquer uma que temos visto na memória viva”.

Segundo ela, o cenário exige uma adaptação e que repensemos nossas vidas e economias, enquanto a política monetária entra em “território desconhecido”.

As declarações foram dadas como apresentação da Conferência Camdesuss, realizada pela primeira vez de modo virtual, por causa da pandemia da covid-19, pelo presidente do Banco Central da Suíça, Thomas Jordan.

PUBLICIDADE

Georgieva destacou em sua fala as “medidas extraordinárias de governos e bancos centrais” para apoiar o quadro, que estabeleceram um piso para a economia global, embora esta não esteja fora de perigo, advertiu.

Ela disse que isso traz questões importantes, como o meio pelo qual os bancos centrais podem apoiar a economia, uma vez que tenha se exaurido o espaço político convencional, e como evitar consequências indesejáveis como o distanciamento dos mercados dos fundamentos econômicos; além de quais outros instrumentos os bancos centrais podem utilizar nesse contexto, por exemplo.

Inscreva-se na EXPERT 2020 e acompanhe o maior evento de investimentos – Online e gratuito