EUA

Coletiva de Trump é interrompida após tiros em frente à Casa Branca; situação está sob controle, diz presidente

Presidente afirmou que uma pessoa foi ferida e seria o homem que efetuou os disparos

arrow_forwardMais sobre
Trump, durante a coletiva interrompida por tiroteios em frente à Casa Branca (Reprodução de vídeo: Facebook/Donald Trump)

A coletiva de imprensa da noite desta segunda-feira (10) do presidente Donald Trump foi interrompida abruptamente. De acordo com informações do próprio presidente americano e do Serviço Secreto, ocorreram tiros em frente à Casa Branca, com policiais atirando em um suspeito, mas que a situação estava controlada.

Antes disso, Trump estava fazendo pronunciamento, um assessor falou algo em seu ouvido, ele interrompeu a fala e saiu da sala de imprensa. A sala foi trancada para segurança dos jornalistas, que não foram imediatamente informados do motivo de sua saída.

“Parece que alguém foi alvejado pelo Serviço Secreto”, afirmou Trump após voltar para a sala.

PUBLICIDADE

Trump explicou que o agente o informou que havia uma situação de potencial perigo e que seria melhor interromper a coletiva.

Com elogios à ação da segurança, o presidente afirmou que uma pessoa foi ferida e seria o homem que efetuou os disparos. De acordo com Trump, ele foi levado a um hospital, mas não forneceu mais detalhes.

“O mundo é um lugar perigoso. Olhe séculos para trás (…) O Serviço Secreto é fantástico”, afirmou.

Posteriormente, ele continuou o seu discurso:

Newsletter InfoMoney – Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

PUBLICIDADE