China aprova US$ 17,2 bilhões em empréstimos para financiar projetos imobiliários

Os empréstimos aprovados fazem parte de uma iniciativa de direcionamento de recursos para projetos descritos como "white list", envolvendo 5.349 projetos imobiliários elegíveis para suporte financeiro por bancos comerciais

Estadão Conteúdo

(Shutterstock)

Publicidade

Um dia depois de o BC da China ter anunciado um corte na taxa de juros de referência mais longa, usada especialmente pelo setor imobiliário, o Ministério da Habitação e Desenvolvimento Urbano-Rural do país aprovou 123,6 bilhões de yuans (US$ 17,2 bilhões) em empréstimos para financiar projetos do mercado imobiliário, além de anunciar que 29,43 bilhões de yuans (US$ 4,09 bilhões) já foram liberados e redirecionados.

Os dados sobre os empréstimos foram fornecidos ao ministério pelos bancos Bank of China, China Construction Bank, Agricultural Bank of China, Postal Savings Bank of China e alguns bancos de ações conjuntas.

De acordo com o governo chinês, os empréstimos aprovados fazem parte de uma iniciativa de direcionamento de recursos para projetos descritos como “white list”, envolvendo 5.349 projetos imobiliários elegíveis para suporte financeiro por bancos comerciais.

Continua depois da publicidade

“Até o momento, cerca de 162 projetos em 57 cidades receberam financiamento bancário totalizando 29,43 bilhões de yuans, em comparação aos 11,3 bilhões de yuans (US$ 1,58 bilhões) entregues antes do feriado do Ano Novo Lunar”, informou o ministério, em nota.

O ministério também explicou que as ações integram o plano de estabelecer mecanismos de coordenação para o financiamento do setor imobiliário, atendendo a necessidade de empresas e apoiando um “crescimento sólido e estável” do mercado.

Aula Gratuita

Os Princípios da Riqueza

Thiago Godoy, o Papai Financeiro, desvenda os segredos dos maiores investidores do mundo nesta aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Tópicos relacionados