Pandemia

Casa Branca confirma que voltará a impor restrições a viagens do Brasil e outros países

Biden assinará uma ordem que proíbe, a partir de sábado, a entrada da maior parte dos cidadãos não norte-americanos que tenham visitado a África do Sul

Presidente dos EUA, Joe Biden (REUTERS/Tom Brenner)

WASHINGTON (Reuters) – A Casa Branca confirmou nesta segunda-feira que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, voltará a impor uma proibição à entrada no país de praticamente todos os viajantes que não sejam norte-americanos e tenham visitado Brasil, Reino Unido, Irlanda e 26 países europeus que permitem a circulação por fronteiras abertas.

A medida iria expirar na terça-feira.

A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, também confirmou que Biden assinará nesta segunda-feira uma ordem que proíbe, a partir de sábado, a entrada da maior parte dos cidadãos não norte-americanos que tenham visitado a África do Sul recentemente.

“Com a pandemia piorando e variantes mais contagiosas se espalhando, este não é o momento para suspender restrições às viagens internacionais”, disse Psaki em entrevista à imprensa.

Onde Investir 2021
Baixe de graça o ebook e participe do evento com os melhores especialistas do mercado:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.