Pandemia

Butantan entrega nova remessa de 5 milhões de doses da CoronaVac ao PNI

Com a entrega desta segunda, o Butantan chegou a 19,3 milhões de doses enviadas ao ministério somente no mês de março

Coronavac, vacina produzida em parceria com a China
A CoronaVac é a vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac e pelo Instituto Butantan (Divulgação)

SÃO PAULO (Reuters) – O Instituto Butantan entregou nesta segunda-feira ao Ministério da Saúde uma nova remessa de 5 milhões de doses da CoronaVac, vacina contra Covid-19 do laboratório chinês Sinovac, o que leva o total já entregue ao Programa Nacional de Imunização (PNI) a 32,8 milhões de doses, informou o instituto.

Com a entrega desta segunda, o Butantan chegou a 19,3 milhões de doses enviadas ao ministério somente no mês de março. O contrato do instituto com a pasta prevê a entrega de 46 milhões de doses da vacina até o final de abril e mais 54 milhões até o final de setembro, que o Butantan promete antecipar para agosto.

Além da CoronaVac, o Brasil conta até o momento para sua campanha nacional de vacinação contra a Covid-19 com 6,8 milhões de doses da vacina da AstraZeneca com a Universidade de Oxford –4 milhões importadas prontas da Índia pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), 1,8 milhão envasadas no Brasil pela fundação ligada ao governo federal e 1 milhão por meio da Covax, mecanismo liderado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para promover o acesso a vacinas.

Quer descobrir como é possível multiplicar seu capital no mercado de Opções? O analista Fernando Góes te mostra como na Semana 3×1, evento online e 100% gratuito. Clique aqui para assistir.