Pandemia

Brasil tem maior número de mortes em 24h desde 18 de agosto

Esse é o maior número de mortes diárias desde o dia 18 de agosto, quando ocorreram 1.352 óbitos.

arrow_forwardMais sobre
mask for prevention of respiratory diseases, with the American flag painted. US pandemic concept. North america corona virus, risk of epidemic.
(RHJ/Getty Images)

(ANSA) – O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) anunciou nesta terça-feira (5) que o Brasil registrou mais de mil mortes em decorrência do novo coronavírus Sars-CoV-2 em um período de 24 horas.

Segundo o boletim, foram contabilizados mais 1.248 óbitos em um dia, elevando o número total para 197.732. O número é quase três vezes maior que a quantidade registrada ontem (4), quando o país notificou 466 vítimas.

Esse é o maior número de mortes diárias desde o dia 18 de agosto, quando ocorreram 1.352 óbitos. A taxa de letalidade da Covid-19 se manteve estável em 2,5%, assim como nos dias anteriores.

Ainda de acordo com o Conass, desde o início da pandemia da Covid-19, o Brasil contabilizou 7.810.400 casos da doença, com um acréscimo de 58.679 contágios entre ontem e hoje.

Os números mostram um aumento em relação aos dados dos últimos dias, quando ocorreram aglomerações em festas de fim de ano e viagens de férias.

O índice de mortalidade do coronavírus Sars-CoV-2 no país voltou a crescer, chegando a 94,1 a cada 100 mil habitantes. A taxa de incidência da doença, por sua vez, também manteve a tendência de alta, com 3.716,6 a cada 100 mil brasileiros.

No ranking mundial de mortes, o Brasil está atrás apenas dos Estados Unidos, que acumula 353.730 vítimas.

Bolsonaro

Ontem, o presidente Jair Bolsonaro disse que o Brasil está quebrado e ele não consegue fazer nada. Além disso, o líder brasileiro voltou a falar que a pandemia de Covid-19 tem sido “potencializada pela mídia”.

“Chefe, o Brasil está quebrado, e eu não consigo fazer nada. Eu queria mexer na tabela do Imposto de Renda, teve esse vírus, potencializado por essa mídia que nós temos. Essa mídia sem caráter. É um trabalho incessante de tentar desgastar para tirar a gente daqui e atender interesses escusos da mídia”, disse Bolsonaro para um grupo de apoiadores na parte externa do Palácio da Alvorada.

PUBLICIDADE

As declarações foram transmitidas por um site bolsonarista. (ANSA)

Quer migrar para uma das profissões mais bem remuneradas do país e ter a chance de trabalhar na rede da XP Inc.? Clique aqui e assista à série gratuita Carreira no Mercado Financeiro!