Coronavírus

Brasil proíbe entrada de estrangeiros vindos de países vizinhos

A decisão de fechar as fronteiras faz parte das ações do governo para conter a pandemia de coronavírus

Bolsonaro e Ministros de Estado em coletiva sobre coronavírus
(Foto: Carolina Antunes/PR)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O governo federal fechou as fronteiras com sete países vizinhos para estrangeiros que queiram entrar no Brasil. A portaria publicada nesta quinta-feira (19) faz parte das medidas adotadas para conter a pandemia de coronavírus.

A restrição ocorre nas fronteiras terrestres por 15 dias, podendo ser prorrogada. A medida vale para Argentina, Bolívia, Colômbia, Guiana, Guiana Francesa, Paraguai e Peru.

Brasileiros, cidadãos naturalizados, ajuda humanitária, imigrantes com autorização e cargas poderão continuar entrando no país normalmente. O estrangeiro que descumprir a portaria será deportado imediatamente e não poderá fazer pedido de refúgio.

Aprenda a investir na bolsa

O governo ainda prevê uma norma específica para as fronteiras terrestres do Brasil com o Uruguai. Os demais países do continente, como Chile e Equador não integram a lista por não fazer fronteira com o Brasil. O governo já havia determinado anteriormente o fechamento da fronteira com a Venezuela.

No Twitter, o presidente Jair Bolsonaro informou a decisão e afirmou que mais ações estão sendo pensadas pelo governo visando também o impacto financeiro que as restrições podem causar.

Invista melhor seu dinheiro. Abra uma conta na XP – é de graça

PUBLICIDADE