Preços

Bolsonaro promete projeto que muda forma de cobrar ICMS sobre combustíveis e espera ajuda de governadores

Segundo o presidente, os governadores são importantes para a solução do problema

Jair Bolsonaro
(Crédito: Alan Santos/PR)

BRASÍLIA – Em meio a pressão de caminhoneiros e novos aumentos no diesel e na gasolina, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira que o governo prepara a apresentação de um projeto de lei que poderá alterar a cobrança do ICMS que incide sobre os combustíveis, mas fez questão de destacar que não quer embates com governadores.

“Nosso projeto de lei aqui diz uma coisa apenas: para regulamentar esta emenda constitucional de 2001 e fazer com que o Confaz (Conselho dos Secretários de Fazenda) decida como vai ser cobrado o ICMS, ou é um valor fixo como nós temos no tocante do PIS/Cofins sobre o litro de cada combustível ou um percentual que vai incidir sobre o preço deste combustível nas refinarias”, disse.

Na entrevista ao programa Brasil Urgente, do apresentador José Luiz Datena, Bolsonaro afirmou que a proposta visa evitar a bitributação e ressalvou que ninguém vai perder receita com ela. Disse, porém, não considerar justo que os governadores ganhem receita com o ICMS toda vez que o preço dos combustíveis é elevado.

Segundo o presidente, os governadores são importantes para a solução do problema. Ele defendeu que haja previsibilidade na discussão de eventuais aumentos.

“Não quero de jeito nenhum falar que os governadores são vilões e eu sou o mocinho”, disse, moderando o tom mais belicoso de dias anteriores em relação aos governadores.

Profissão Broker: série do InfoMoney mostra como entrar para uma das profissões mais estimulantes e bem remuneradas do mercado financeiro em 2021. Clique aqui para assistir.