No Twitter

Bolsonaro: não existe possibilidade de aumentar CIDE e combustível deve baratear

"A tendência é que os preços caiam nas refinarias", tuitou o presidente

(Foto: José Dias/PR)
Aprenda a investir na bolsa

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira, 9, que vai manter a política de preços da Petrobras e que o governo não vai aumentar impostos sobre combustíveis em meio à queda global do preço do petróleo, se referindo especificamente às Contribuições de Intervenção no Domínio Econômico (Cide). As declarações foram publicadas por Bolsonaro em sua conta no Twitter.

“Não existe possibilidade do governo aumentar a Cide para manter os preços dos combustíveis. O barril do petróleo caiu, em média, 30% (US$ 35 o barril). A Petrobras continuará mantendo sua política de preços sem interferências. A tendência é que os preços caiam nas refinarias”, tuitou o presidente.

O derretimento do preço do petróleo acontece depois que a Arábia Saudita resolveu cortar o preço do barril em meio a uma guerra de preços com a Rússia. Os dois países estão entre os maiores produtores mundiais de petróleo. A disputa gerou a maior queda no preço do barril desde a Guerra do Golfo, em 1991.

Aprenda a investir na bolsa