Não viajará para a Suíça

Bolsonaro cancela ida ao Fórum Econômico Mundial em Davos

Apesar de citar questões de segurança, porta-voz negou que o cancelamento tenha relação com a atual tensão no Oriente Médio

arrow_forwardMais sobre
(Foto: José Dias/PR)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Dois dias após levantar questões sobre sua ida ao Fórum Econômico Mundial, em Davos (Suíça), o presidente Jair Bolsonaro confirmou que não participará do evento este ano. A informação foi dada pelo porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros.

Na última segunda-feira, dizendo apenas que “o mundo tem seus problemas, questão de segurança”, Bolsonaro já havia dito que poderia não ir à Suíça.

“Davos, está cancelada a ida do presidente, falei com ele há pouco. As razões para o cancelamento por parte do presidente são aquelas que já estamos esboçando há tempos”, disse Rêgo Barros.

Aprenda a investir na bolsa

“O presidente e os assessores analisaram uma série de aspectos: aspectos econômicos, aspectos de segurança, aspectos políticos. E o somatório desses aspectos, quando levados à apreciação do presidente, lhe permitiu avaliar que não seria o caso, neste momento, de participar desse fórum”, explicou o porta-voz.

Apesar de citar questões de segurança, Barros negou que o cancelamento tenha relação com a atual tensão no Oriente Médio. “Não há qualquer ligação com os fatos envolvendo o Irã, Iraque e Estados Unidos também”, disse.

O Fórum ocorre entre os dias 21 e 24 de janeiro.

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra a sua conta na XP Investimentos