Inglaterra

BoE mantém política monetária e prevê tombo de 25% do PIB britânico no 2º tri

A decisão sobre o juro foi unânime, mas dois dos nove dirigentes do BoE - Jonathan Haskel e Michael Saunders - votaram pelo aumento do programa de QE

O Banco da Inglaterra (BoE, pela sigla em inglês) decidiu manter sua política monetária inalterada após reunião nesta quinta-feira, deixando sua taxa básica de juros em 0,1% e o tamanho do seu programa de relaxamento quantitativo (QE) em 645 bilhões de libras (US$ 798 bilhões).

A decisão sobre o juro foi unânime, mas dois dos nove dirigentes do BoE – Jonathan Haskel e Michael Saunders – votaram pelo aumento do programa de QE, em 100 bilhões de libras.

Em março, o BoE já havia cortado seu juro básico para uma mínima histórica e reativado o programa de QE – que envolve compras de bônus -, como parte de um amplo pacote de medidas monetárias e fiscais destinado a proteger a economia do Reino Unido do impacto da pandemia de coronavírus.

PUBLICIDADE

Em comunicado, o BC inglês disse que a perspectiva para os próximos trimestres é bastante incerta e que suas últimas previsões, divulgadas hoje, são uma ilustração do que pode acontecer com base em dados disponíveis até o momento, em vez de estimativas firmes.

O BoE prevê que o Produto Interno Bruto (PIB) britânico sofrerá um tombo de cerca de 25% no segundo trimestre, com avanço da taxa de desemprego para algo em torno de 9%.

Newsletter InfoMoney – Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.