Ranking adiado

Banco Mundial adia relatório sobre competitividade por temor com dados de países

4 países, China, Azerbaijão, Emirados Árabes Unidos e Arábia Saudita, teriam números alterados de maneira indevida, segundo pessoa próxima à decisão

O Banco Mundial anunciou nesta quinta-feira que decidiu adiar a publicação de seu relatório sobre competitividade nos negócios, para investigar possíveis irregularidades nos dados.

Quatro países, China, Azerbaijão, Emirados Árabes Unidos e Arábia Saudita, teriam tido números alterados de maneira indevida, segundo uma pessoa próxima à decisão.

A medida renova preocupação de dois anos atrás, quando pela primeira vez houve temor de que o relatório fosse vulnerável a manipulações. Com isso, a próxima versão, que seria divulgada em menos de um mês, será adiada.

PUBLICIDADE

O Banco Mundial disse, em comunicado, que começou uma revisão sistemática dos dados com uma auditoria independente, e que iria corrigir os números.

A instituição indicou que, entre outubro de 2017 e o mesmo mês de 2019, registros foram afetados, e acrescentou que os documentos dos últimos cinco anos seriam revistos. Em três dos países descritos, os avanços nos últimos cinco anos foram significativos.

A China passou do 90º lugar para o 31º no ano passado. O Azerbaijão foi do 80º para o 34º, e os Emirados Árabes passaram do 22º para o 16º.

A Arábia Saudita regrediu. As embaixadas dos quatro países não responderam imediatamente o pedido de comentários.

Regra dos 10 tiros: aprenda a fazer operações simples que podem multiplicar por até 10 vezes o capital investido. Inscreva-se!