AO VIVO Analista Charlles Nader mostra como fazer um planejamento para ter consistência na Bolsa

Analista Charlles Nader mostra como fazer um planejamento para ter consistência na Bolsa

Economia

Balança comercial tem déficit de US$ 2,634 bilhões na 2ª semana de janeiro

As importações somaram US$ 5,387 bilhões, mais que os US$ 2,753 bilhões de exportações

Porto de Itaqui
Porto de Itaqui (Foto: governo do Maranhão)

A balança comercial registrou um déficit de US$ 2,634 bilhões na segunda semana de janeiro (11 a 17), de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira, 18, pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia.

As importações somaram US$ 5,387 bilhões, mais que os US$ 2,753 bilhões de exportações. No saldo de todo o mês, o déficit comercial é de US$ 1,567 bilhão.

De acordo com os dados do governo, até a segunda semana de janeiro, as exportações cresceram 14,8% na comparação com igual período de 2020, para US$ 7,56 bilhões.

Mas as importações aumentaram num ritmo mais elevado, 24,2%, para US$ 9,13 bilhões. Por isso, o saldo é negativo no mês até o momento.

A expansão das exportações foi puxada, principalmente, pelo crescimento nas vendas de produtos como milho não moído, exceto milho doce (50,9%), minério de ferro e seus concentrados (60,8%), minérios de cobre e seus concentrados (107,8%), açúcares e melaços (65,4%) e farelos de soja.

Apesar disso, tiveram queda nas vendas ao exterior itens como animais vivos, não incluído pescados ou crustáceos (-42,1%), carnes de aves e suas miudezas comestíveis, frescas, refrigeradas ou congeladas (-17,3%), óleos combustíveis de petróleo ou de minerais betuminosos (exceto óleos brutos) (-65,9%) e aeronaves e outros equipamentos, incluindo suas partes (-55,2%).

Já nas importações, o crescimento no mês foi puxado por trigo e centeio não moídos (9,2%), soja (325,4%), outros minerais em bruto (40,1%) e adubos ou fertilizantes químicos, exceto brutos (25,2%. Por outro lado, caíram as compras de cevada, não moída (-94,1%), produtos hortícolas, frescos ou refrigerados (-44,5%), outros medicamentos, incluindo veterinários (-28,1%) e veículos automóveis de passageiros (-50,6%).

Quer fazer da Bolsa sua nova fonte de renda em 2021? Série gratuita do InfoMoney mostra o passo a passo para se tornar um Full Trader – clique para assistir!