Fiscal

Arrecadação federal cresce 18,3% em janeiro e é recorde para o mês

O desempenho foi impactado por pagamentos atípicos de impostos recolhidos pelas empresas

Por  Reuters -

A arrecadação federal somou R$ 235,3 bilhões de reais, com uma alta real de 18,3% sobre o mesmo mês do ano passado, informou a Receita Federal nesta quarta-feira.

Segundo o Fisco, foi o melhor desempenho para o mês desde o início da série corrigida pela inflação, em 1995.

As receitas administradas pela Receita Federal, que abrangem impostos e contribuições, cresceram 14,7% no mês na comparação anual, para R$ 217,421 bilhões.

O desempenho foi impactado por pagamentos atípicos de impostos recolhidos pelas empresas, e pelo fato de, no ano passado, ter havido um diferimento de quotas do Imposto de Renda da Pessoa Física. Sem esses fatores, a arrecadação tributária teria aumentado 9,2%.

Já as receitas administradas por outros órgão, que incluem royalties, cresceram 92,5%, a 17,9 bilhões de reais, refletindo os ganhos com o aumento dos preços das commodities em reais.

Compartilhe