Pandemia

Alemanha planeja prorrogar lockdown até 14 de março, mostra documento

Angela Merkel deixou claro que escolas primárias e creches terão prioridade em qualquer relaxamento

arrow_forwardMais sobre

BERLIM (Reuters) – A Alemanha planeja prorrogar as restrições para conter a disseminação do coronavírus até 14 de março, mostrou o esboço de um acordo para conversas entre a chanceler, Angela Merkel, e líderes dos 16 Estados do país nesta quarta-feira.

O número de novas infecções diárias vem caindo na Alemanha, o que leva alguns líderes regionais a pressionarem por um cronograma de amenização do lockdown, mas são cada vez maiores os temores de um impacto de linhagens mais infecciosas do vírus na quantidade de casos.

“Temos uma situação altamente frágil”, disse Winfried Kretschmann, do Partido Verde e premiê de Baden-Wuerttemberg, Estado do sul alemão, ao Spiegel Online. “Podemos ver em outros países, como Portugal, com que rapidez a maré pode virar.”

O esboço do documento para as conversas, que começam de tarde, diz que cabeleireiros poderiam reabrir sob condições rígidas a partir de 1º de março – mas está sujeito a mudanças.

Merkel deixou claro que escolas primárias e creches terão prioridade em qualquer relaxamento. O esboço de acordo disse que cada Estado pode decidir como retomar as aulas.

“Se as cifras de infecções continuarem a cair de forma confiável, a maior prioridade é claramente com as crianças mais novas”, disse Kretschmann.

A Alemanha relatou 8.072 casos novos de coronavírus nesta quarta-feira e mais 813 mortes, o que eleva o total de óbitos a 62.969.

(Por Sabine Siebold)

Já pensou em ser um broker? Esta série gratuita do InfoMoney mostra como entrar para uma das profissões mais bem remuneradas do mercado. Deixe seu e-mail abaixo para assistir.

PUBLICIDADE