Dados do Banco Central

À espera de alta de 1 ponto na Selic nesta semana, mercado eleva projeção para juros em 2021 e 2022

Economistas consultados pelo Focus também revisaram para cima suas projeções para a inflação, pela 24ª semana, para alta de 8,35% em 2021

SÃO PAULO – Em semana de decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), o mercado financeiro voltou a elevar, pela terceira vez consecutiva, suas projeções para a taxa Selic ao fim de 2021 e 2022. É o que mostra o relatório Focus, divulgado pelo Banco Central na manhã desta segunda-feira (20).

Diante da forte pressão inflacionária, os economistas consultados pela autoridade monetária estimam agora uma taxa de juros de 8,25% em dezembro deste ano, acima dos 8,00% esperados anteriormente. Para 2022, as expectativas também tiveram piora, de 8,00% para 8,50% ao ano.

Nesta semana, o Copom se reúne para decidir o rumo da taxa básica de juros no país. A expectativa, segundo consta no Focus, é de aumento de 1 ponto percentual, para 6,25% ao ano, conforme esperado no último levantamento. Já no encontro de outubro, as projeções seguem apontando para nova alta de mesma magnitude, levando a Selic para 7,25% ao ano.

Na esteira de elevações, as estimativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foram revisadas para cima pela 24ª semana – desta vez, de 8,00% para 8,35%. Também houve alta nas apostas para 2022, de 4,03% para 4,10%, na nona semana consecutiva de elevação.

Com relação ao desempenho da economia brasileira, o Focus aponta para crescimento de 5,04% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro este ano, em linha com o esperado na semana passada. Já para 2022, as expectativas são de expansão de 1,63% da atividade, abaixo dos 1,72% esperados anteriormente.

Por fim, no câmbio, os economistas mantiveram suas expectativas para o dólar em dezembro deste ano, negociado a R$ 5,20, mas elevaram, de R$ 5,20 par R$ 5,23, suas apostas para a moeda americana ao fim de 2022.

Conheça o plano de ação da XP para você transformar os desafios de 2022 em oportunidades de investimento.