PME

Pronampe 2022: saiba como solicitar um empréstimo e veja as taxas

Entenda as regras da nova fase do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) e saiba como solicitar

Por  Mariana Amaro -

O Programa Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Pronampe) começou sua nova fase nesta segunda-feira (25) e interessados em contratar empréstimos já podem procurar as instituições financeiras.

Do Zero ao Topo, — marca de empreendedorismo do InfoMoney, reuniu algumas das principais dúvidas sobre o tema.

O que é o Pronampe 2022?

Criado em meados de 2020 para socorrer empresários durante a pandemia, o programa oferece empréstimos para pequenas empresas com juros mais baixos e prazo maior para começar a pagar.

Desde sua criação, o Pronampe passou por várias mudanças. Em junho do ano passado, o programa tornou-se permanente e, mais recentemente, incluiu microempreendedores individuais (MEI) e empresas de médio porte.

A última mudança foi feita em junho por uma portaria publicada pela Receita Federal. A norma determina a necessidade do compartilhamento de informações sobre o faturamento do pequeno negócio. Após esse procedimento, o empresário pode negociar o empréstimo com a instituição financeira de sua preferência.

Quem pode solicitar um empréstimo no Pronampe?

Podem pleitear o empréstimo microempresas com faturamento de até R$ 360 mil por ano, pequenas empresas com faturamento anual de R$ 360 mil a R$ 4,8 milhões e empresas de médio porte com faturamento de até R$ 300 milhões.

Quais regras precisam ser cumpridas por quem solicitar um empréstimo no Pronampe?

Pelas regras do programa, a empresa que solicitar um crédito pelo programa precisa manter o número de empregados por até 60 dias após a tomada do crédito.

A companhia pode pegar empréstimos de até 30% da receita bruta anual registrada em 2019.

No caso de negócios com menos de um ano de funcionamento, o limite do financiamento é de até metade do capital social ou de 30% da média do faturamento mensal.

Todas as instituições financeiras públicas e privadas autorizadas a funcionar pelo Banco Central podem operar a linha de crédito. Os empréstimos têm a garantia, pela União, de até 85% dos recursos.

Como solicitar um empréstimo pelo Pronampe?

O primeiro passo para contratar um empréstimo pelo programa é digital. Os empresários e empreendedores interessados devem compartilhar os dados da Receita Federal sobre o faturamento da empresa com a instituição financeira escolhida.

O compartilhamento é feito de forma digital, por meio do portal e-CAC, no site da Receita Federal. Basta clicar em “Autorizar o compartilhamento de dados”.

Depois disso, o empresário estará apto a negociar o empréstimo junto ao banco. Caso o banco não esteja listado na relação de possíveis destinatários, o dono de uma empresa deve entrar em contato com a agência bancária e verificar a previsão de adesão ao sistema.

Cadastre-se na newsletter Do Zero ao Topo e receba histórias de sucesso do mundo dos negócios:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

Quais são as condições de pagamento e taxas para empréstimos no Pronampe 2022?

O saldo devedor poderá ser parcelado em até 48 parcelas, sendo o máximo de carência de 11 meses e mais 37 parcelas para pagamento.

A taxa de juros anual máxima será a mesma da taxa Selic, hoje em 13,25% ao ano, acrescida de 6%. O prazo para começar a pagar o empréstimo é de 11 meses.

Qual é o prazo de pagamento para empréstimos no Pronampe 2022?

De acordo com o Ministério da Economia, a data de contratação da operação de crédito segue até 31 de dezembro de 2024. Até lá, o governo estima que R$ 50 bilhões possam ser emprestados para os pequenos negócios.

(Com informações da Agência Brasil e Agência Estado)

Do Zero Ao Topo: os segredos de dez startups brasileiras bilionárias, em um ebook para te inspirar a criar seu próprio unicórnio

Compartilhe